23 setembro 2013

Clássicos do Cinema

Alguns vocês conhecem e outros não, bom esses são alguns clássicos do cinema que eu particularmente a-d-o-r-o, então eu indico à vocês esses colírios para os olhos, o meus favoritos são Bonequinha de Luxo, Grease e Curtindo a Vida Adoidado. Então se gostarem do post, deixe sua opinião nos comentários.
Bonequinha de Luxo
Holly Golightly (Audrey Hepburn) é uma garota de programa nova-iorquina que está decidida a casar-se com um milionário. Perdida entre a inocência, ambição e futilidade, ela toma seus cafés da manhã em frente à famosa joalheria Tiffany`s, na intenção de fugir dos problemas. Seus planos mudam quando conhece Paul Varjak (George Peppard), um jovem escritor bancado pela amante que se torna seu vizinho, com quem se envolve. Apesar do interesse em Paul, Holly reluta em se entregar a um amor que contraria seus objetivos de tornar-se rica.
O Mágico de Oz 
Após um tornado em Kansas, Dorothy vai parar com sua casa e seu cachorro na fantástica Oz, onde as coisas são coloridas bonitas e mágicas. Porém, o seu maior desejo é retornar de volta para casa, para isso ele deve encontrar um mágico, que lhe mostrará como realizar esse seu desejo. Para chegar até ele, contudo, Dorothy viverá uma aventura inesquecível através do caminho de tijolos amarelos.
Shakespeare Apaixonado 
O jovem astro do teatro londrino William Shakespeare (Joseph Fiennes) sofre de bloqueio criativo e não consegue escrever sua peça. Um dia, ele conhece Viola De Lesseps (Gwyneth Paltrow), uma jovem que sonha em atuar, algo proibitivo no final do século XVI. Para burlar o preconceito e ter sua chance, Viola se disfarça de homem e começa a ensaiar o texto de Will, que começou a fluir e passou a dar vazão ao amor entre os dois. O que eles não contavam era com o casamento arranjado pela família entre Viola e Lorde Wessex (Colin Firth).
Curtindo a Vida Adoidado
No último semestre do curso do colégio, Ferris Bueller (Matthew Broderick) sente um incontrolável desejo de matar a aula e planeja um grande programa na cidade com sua namorada (Mia Sara), seu melhor amigo (Alan Ruck) e uma Ferrari. Só que para poder realizar seu desejo ele precisa escapar do diretor do colégio (Jeffrey Jones) e de sua irmã (Jennifer Grey).
E o Vento Levou...
Narra a complicada vida de Scarlet O’Hara (Vivien Leigh), seus amores e desilusões em um período que tem a Guerra Civil Americana como pano de fundo. Clark Gable é Rett Butler, um vivido aventureiro que passa pela vida de Scartlet, em uma relação de amor e ódio marcada por conflitos já clássicos e cenas inesquecíveis de amor. Praticamente o inventor das telenovelas, devido aos conflitos constantes de emoções manifestadas e o romance como tema – não necessariamente por uma outra pessoa, e sim por uma causa, lugar ou qualquer outra coisa que se refira sentimentalmente ao personagem.
A Noviça Rebelde
No final da década de 30, na Áustria, quando o pesadelo nazista estava prestes a se instaurar no país, uma noviça (Julie Andrews) que vive em um convento mas não consegue seguir as rígidas normas de conduta das religiosas, vai trabalhar como governanta na casa do capitão Von Trapp (Christopher Plummer), que tem sete filhos, viúvo e os educa como se fizessem parte de um regimento. Sua chegada modifica drasticamente o padrão da família, trazendo alegria novamente ao lar da família Von Trapp e conquistando o carinho e o respeito das crianças. Mas ela termina se apaixonando pelo capitão, que está comprometido com uma rica baronesa.
Grease - Nos Tempos da Brilhantina

Na Califórnia na década de 50, Danny (John Travolta) e Sandy (Olivia Newton-John), um casal de estudantes, trocam juras de amor mas se separam, pois ela voltará para a Austrália. Entretanto, os planos mudam e Sandy por acaso se matricula na escola de Danny. Para fazer gênero ele infantilmente lhe dá uma esnobada, mas os dois continuam apaixonados, apesar do relacionamento ter ficado em crise. Esta trama serve como pano de fundo para retratar o comportamento dos jovens da época.

3 comentários:

  1. Ísis Rodrigues Cerqueira23 de setembro de 2013 01:33

    Flor vim através de outro blog conhecer o seu cantinho e já estou te seguindo se quiser conhecer o meu e me seguir ficarei muito feliz...
    Parabéns pelo blog, que Deus te abençoe...
    www.bio-pink.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Gostei bastante dos clássicos que você selecionou...

    O mágico de Oz e Grease (Tell me more,tell me more) são realmente muito bons

    Ficou faltando Mamma Mia que também é muito bom...

    Marcos Túlio - http://teorialiteral.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Bom ver uma jovem como você que gosta de clássicos. Minha interpretação por clássico, significa que continua atual nos dias de hoje e não precisa atualizações. O Mágico de Oz, é tão perfeito, que não mudaria nada... um dos melhores filmes do mundo e que muitos adultos veneram e crianças se encantam. Curtindo a vida adoidado é mru filme favorito! A noviça Rebelde fantástico! Sei até as músicas de cór! E quero te dar umas dicas. Tem no youtube o filme completo e dublado do O Pássaro Azul, eu adoro e me emociono! É um filme infantil, mas é um clássico! Mary Poppins, muitíssimo melhor que a Nanny McPhee, e olha que adorei o filme da Nanny McPhee, mas a Mary Poppins foi a primeira babá mágica do mundo! Papai pernilongo do ator e dançarino Fred Astaire, uma estória boba água com açúcar, mas divertida de assistir. Do Gene Kelly todo mundo conhece a cena do filme Dançando na Chuva, mas não gosto tanto do filme, meu filme dele favorito é Marujos do Amor, ele dança com um famoso personagem de desenho animado! Todos os filmes do Jerry Lewis, um gênio, meu Deus! Só as caras você já ri! Todos do Hitchcock, o mestre do mistério, com destaque ao Disque M para matar, Ladrão de Cassaca, Os Pássaros, Pscicose. E Casablanca. Ufa! Fora os dos anos 80...

    ResponderExcluir